segunda-feira, 26 de setembro de 2011

domingo, 10 de maio de 2009

Tudo por um beijo

No teu poema...

...
Existe um verso em branco e sem medida
Um corpo que respira, um céu aberto
Janela debruçada para a vida...

O Capuchinho Vermelho

Playing for change again

Acção

Adam Berg é um realizador sueco que se tem notabilizado por realizar, essencialmente, filmes publicitários e videoclips musicais. O último trabalho de Adam Berg tem dado muito que falar porque é um prodígio visual que dura uns estonteantes dois minutos e dezanove segundos. A partir das inovadoras "imagens suspensas" revelados no primeiro filme da trilogia "Matrix", Adam Berg encena uma espectacular sequência de assalto a um hospital em que a acção (explosões, tiros, quedas, estilhaços...) está completamente congelada no tempo e parece envolver o espectador num contexto de tridimensionalidade. O filme é claramente inspirado em "Dark Knight" mas sem o Batman nem o Joker. Só lá estão os polícias num tremendo tiroteio com assaltantes vestidos de palhaços medonhos.
Com produção da Stink Digital e filmado num único e brilhante plano-sequência, esta pequena jóia visual pretende ser a publicidade ao televisor 22:9 "Carousel" da Philips. É publicidade, sim, mas é também pura magia visual que ficará para a história da cultura das imagens contemporâneas.
Ao contrário do que se possa pensar, a cena foi filmada com actores de carne e osso (sempre imóveis ou suspensos no ar com cabos de aço) e a manipulação digital foi apenas utilizada para retoques com as balas e o fogo. O resultado é fascinante e merece ser visto com boa resolução
aqui.
Para quem quiser saber mais pormenores sobre como foi criado este filme, pode ver
aqui uma abordagem ao "making of".

terça-feira, 16 de setembro de 2008

A Momentary Lapse Of Reason


Richard Wright
28JUL43 - 15SET08

"And I am not frightened of dying, any time will do I don’t mind. Why should I be frightened of dying? There’s no reason for it, you’ve gotta go sometime. I never said I was frightened of dying..."


sábado, 14 de junho de 2008

Longe

Hoje estou longe... longe de tudo e de todos, perto de todos os que amo.
As mensagens sucedem-se com o cair do dia e sinto-me bem, descansei, estou longe, mas os meus estão no meu coração.
Fizeram-me bem, senti-me homem outra vez... miúdo talvez, não importa, sinto-me bem.
Cheiras bem, um aroma fresco a cabelo acabado de lavar, que se mistura com o cheiro da canela da vela que acabaste de acender. Sorris...

sexta-feira, 9 de maio de 2008

CLEAR FOR TAKE-OFF


Incendiei o voo. Seremos dois, agora. Nada nos deterá! As asas batidas a dois voam melhor…Prepara-te para a aventura. Superará o mais alado dos sonhos, acredita. Juntos, homenagearemos com a proximidade, a Raiz de Nós.

É na troposfera que acredito haver quem viva no Céu, quem brinque nas Estrelas, quem se deite na Lua…

Também vais acreditar, Comandante.

JP

domingo, 30 de março de 2008

Devaneios


Apetece-me postar!!... e sabes pukê?!
Pk... kerut dizer kk csa mas n sei o k! ;)